Dia 3 Vamos todos ficar bem

Durante o ano de 2019, estive a promover um imóvel no Porto. Durante a reunião de angariação, no âmbito da decisão de qual o preço para colocar o imóvel à venda, houve uma diferença de valores em relação a, por um lado à expetativa dos proprietários, por outro, à minha interpretação do mercado. Apesar da diferença, o que resultou num valor muito alto para colocar o imóvel no mercado, optei por aceitar a angariação. Decorridos os 12 meses, não tive hipótese, o valor de venda continuava desajustado e a minha esperança de que conseguia provar aos meus clientes o desajuste no preço não surtiu efeito. Respeitei a decisão deles, embora “casmurra” é-lhes legítima. Restou-me a motivação e o foco em fazer o melhor trabalho na promoção do imóvel.

Para quem inicia este percurso no imobiliário, se não sabe, fica a saber: angariações levam a angariações.

Um dia recebo um telefonema de uma pessoa a manifestar interesse no imóvel. Uma das perguntas que não devem deixar de ser feitas: tem, ou conhece alguém que tenha uma casa ou apartamento para vender? Bingo. Angariação concretizada e poucos dias depois, decorrente da visita número 2, apenas com uma semana de promoção, o imóvel deste senhor estava reservado, isto é, tinha um contrato-promessa assinado.

Decorridos 5 meses da assinatura, hoje o comprador deste apartamento deixa-me o seu testemunho.

“O meu nome é Francisco Figueira, sou Engenheiro de Processos numa empresa farmacêutica e até outubro de 2019 procurei casa para habitação própria. Na procura lidei com vários consultores imobiliários de diversas agências. Facilmente concluo que o Cláudio foi o mais competente e profissional de todos eles. Em cada etapa o Cláudio foi capaz de fazer uma análise sensata e objetiva. Preocupou-se com cada detalhe, desbloqueando caminhos e solucionando problemas. Teve ainda uma postura humilde, respeitando o meu espaço de decisão e não forçando a venda, como alguns consultores acabam por fazer. No fundo, demonstrou ser desde o início uma pessoa competente e empenhada em defender os meus interesses. Gerou da minha parte confiança, presumo que da parte vendedora o mesmo, o que facilitou ainda mais o caminho que percorremos juntos.”

Por vezes, ou agarras as oportunidades ou as deixas fugir.

A propósito, vamos todos ficar bem.

Post anterior

Dia 2 Tecnologia

Próximo post

Dia 4 Visitas

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar