Dia 59 Cromo da bola

“O Lincoln Portela, meu assistente de Marketing, sempre que identifica um anúncio online de venda de um imóvel, tem como tarefa observá-lo. Caso ele sinta que o imóvel possa ser compatível com o interesse de clientes compradores que temos em base de dados, tem a autonomia e o incentivo para enviar uma mensagem ao anunciante.”

Este parágrafo foi transcrito do “Dia 36”, deste Diário.

No passado dia 8 de janeiro, reuni-me com um proprietário que tinha a intenção de vender apartamento T4 no Porto. A reunião foi no apartamento e primeiro que tudo conheci a pessoa que estava por detrás do anúncio. Paralelamente, percebi a razão e a motivação da venda; percebi o imóvel; apresentei-me e apresentei a ZOME. Algo me dizia que voltaríamos a falar.

Ontem recolhemos o contrato de mediação, dentro de poucos dias será lançada a promoção.

Fruto do trabalho de prospeção do Lincoln, esta é a terceira angariação que surge vinda de um procedimento iniciado por ele. Gosto muito do cromo por diversas razões: uma porque apresenta resultados, aqui está mais um; porque é devoto; a mais importante, porque o cromo é boa pessoa.

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar