Dia 109 Não há duas sem três

Durante o período de confinamento COVID-19, existiu sempre a postura de manter o dia-a-dia o mais similar possível ao “antes do COVID-19”. Um dos exemplos disso mesmo, passou por não deixar de fazer reuniões de apresentação de serviços. Havia/há algumas desvantagens em fazer esse tipo de reuniões, mas havia/há também muitas vantagens. O mais importante fora não deixar de as fazer. Recordo-me de ter escrito por diversas vezes: se queremos colher, temos de semear.

Duas das nossas angariações, são fruto dessas reuniões (via zoom). Uma delas, esteve praticamente com o negócio fechado (ver texto de ontem), outra entrou no mercado há poucos dias.

Em consequência de uma dessas reuniões, hoje vamos ter uma reunião presencial. Conhecerei presencialmente o imóvel, mas (muito) mais importante, conhecerei presencialmente as pessoas que estão por detrás dele.

Talvez saiba mais logo se serão meus clientes. Espero que sim, gostei deles.

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar