Dia 185 O Karaté Kid

Existem filmes que guardamos na memória e cuja nostalgia se apodera de nós.

Quando tinha uns 8, 9, 10 anos talvez, lembro-me de ver um filme que se chamava “O Karate Kid – O momento da verdade”. Lançado em 1984, o filme conta a história de um jovem (Daniel) que deseja aprender karaté, e para isso convence um experiente mestre (Mr. Miyagi) a dar-lhe aulas, que acabam por se transformar em autênticas lições de vida.

Atingir o grau de mestre no âmbito de uma qualquer disciplina, é algo que requer domínio e perícia, quer na técnica, quer na forma como se conduz a dança.

No âmbito da minha profissão, ainda estou muito afastado dessa mestria, sou pé de chumbo. Um dos campos que mais tenho de melhorar é na lida com um cliente. Sinto que já vou dominando um pouco a técnica, mas a forma de todo. Por vezes a paciência não é muita, mas não nos podemos esquecer que sem clientes temos nada.

No âmbito de um imóvel que estamos a promover a venda, na passada quinta-feira, recebi um telefonema de um potencial comprador. Como qualquer “comprador” de imóveis, pede de imediato uma visita. Em consequência desse pedido, solicitei a abertura dele para me responder a algumas questões. Relutante… acatou. Após as respostas obtidas, a técnica deu-me argumentos para não prosseguirmos para a visita ao imóvel, contudo, a forma de conseguir tais respostas, pode não ter sido a mais simpática, foi só eficiente. Sinto que o cliente não gostou, ainda para mais porque não estava habituado a serem-lhe recusadas visitas.

Os pedidos de visita são para serem recusados se assim fizer sentido, agora a forma como (in)diretamente se transmite a recusa, tem muito que se lhe diga. Assumo ainda não o saber fazer… um dia.

Acontece que, mesmo assim, e porque precisa vender primeiro o seu imóvel para sinalizar “o/um tal”, no dia seguinte o “comprador” abriu-me a porta do seu apartamento para o ver.

“Imagine que era eu que estava a promover a venda do seu apartamento, gostaria que permitisse as visitas a todos os que me pedem?”

Está agendada para amanhã a assinatura do contrato de mediação imobiliária para a venda de um novo apartamento… o dele.

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar