Dia 197 O pedreiro e o oleiro

Uma empresa de prestação de serviços vive dos seus clientes, é o caso da ZOME que represento, é o caso da minha empresa que giro.

Grosso modo, os clientes obtêm-se através: de uma procura tua, designamos isto de prospeção; de uma procura deles, o que significa que fizeste algo positivo para seres procurado; de referências, isto é, alguém recomenda os teus serviços.

Por volta da hora do almoço de ontem, recebo o telefonema de uma amiga (casal que invisivelmente muito estimo).

“Posso sugerir o teu nome a uma pessoa que tem um apartamento…”

O resultado do “partir pedra” sabe muito bem, mas se puder estar sentado a moldar a peça, ainda melhor.

A ti, profundamente grato.

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar