Dia 218 Pão quente

Há dois dias, tivemos uma reunião de apresentação de um Estudo de Mercado. A reunião aconteceu na pastelaria dos proprietários do apartamento que quiçá viremos a promover. Sentamo-nos em redor de uma das mesas disponíveis. A clientela às 19h era reduzida. Estava tudo calmo. Para além da nossa mesa, havia apenas outra ocupada. Uma Super Bock e uma tosta mista matavam a sede e fome a um cliente. Cinco minutos após o início da reunião, entra um rapaz. A proprietária pede licença para sair da conversa e trinta segundos depois, o rapaz, aparentemente cliente habitual, sai com um daqueles sacos de papel castanho claro cheio de pão. De novo todos na mesa.

– Nem tinha reparado, também vendem pão, certo? Já agora, quanto custa um pão?

– 10 cêntimos.

– Obrigado. O que aconteceria se vendessem o pão a 20 cêntimos cada?

– Ninguém comprava, iam comprar ao café da outra rua.

– Pois bem, imaginem que o vosso apartamento é um pão. O que acontecerá se vocês continuarem a anunciar o vosso apartamento pelo valor que têm em mente, quando na verdade vos estou a provar que o valor de venda dos apartamentos semelhantes é 25% abaixo?

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar