Dia 222 É aqui que eu quero estar

Enquanto Consultor Imobiliário, de vez em quando recebo um tipo de mensagem. Foi o caso da recebida ontem. Cito-a, alterando-a em dois pontos. Por um lado, eliminei a identificação da fonte, por outro corrigi os erros ortográficos.

“Cláudio Silva como está? O meu nome é X, sou responsável pelo departamento de RH da X. Pertencemos a um grupo de X imobiliárias, que já formou mais de XXXXXXXXXXXXXXXXX profissionais. Temos uma equipa altamente motivada e feliz. Oferecemos tudo o que é necessário para o seu crescimento pessoal e profissional. Temos as melhores condições para o seu negócio crescer ainda mais. Gostava de a/o convidar para lhe apresentar o nosso projeto, sem qualquer compromisso. Aceita o convite?”

Como não sou de ferro, não fui capaz de eliminar o “a/”. Mil desculpas pelo problema técnico da tecla X. Se é sem compromisso o que lá vou fazer?

Agora o lado sério: cada um tem a sua liberdade, mas confesso que me causa algum descontentamento ver colegas, que não deixam de ser bons profissionais, a saltar de imobiliárias para imobiliárias. Conheço um caso, que em muito pouco tempo já está na quarta. Pior de tudo, se eu constatasse que a sua mudança resulta em upgrade! Infelizmente não é caso único.

Não posso prometer o dia de amanhã, mas o de hoje tenho-o ao meu alcance.

Gosto muito desta casa e esta casa gosta muito de mim. Siga para a frente.

Junte-se à discussão

Compare as listagens

Comparar