Dia 246 Sorte que dá trabalho

Há dois dias aconteceu-me algo caricato. Acredito que já tenha acontecido a um de vocês.

– Bom dia RV, como está? No âmbito da visita de hoje de manhã ao seu apartamento, gostava de lhe dar feedback.

Apesar de eu ter sentido um gaguejo do outro lado da chamada (parecia que não me estava a reconhecer), dei por mim lançado na transmissão da mensagem. De repente…

– Cláudio deve-se ter enganado no número…

Movo o telemóvel do ouvido para baixo, leio o nome com quem estava a falar, e imediatamente cai-me a ficha… troquei o RM pelo RV.

– Peço imensa desculpa RV, enganei-me no apelido. Lembro-me muito bem de si.

– Sem problema, Cláudio.

– Já agora, já vendeu o apartamento?

A conversa fluiu.

– Sabe de uma coisa, tenho-o seguido nas redes sociais. Como sabe, estou ligado ao Marketing, o seu não está nada mal.

– A estrutura da minha equipa é pequena, trabalhamos com os recursos e o conhecimento que temos. Comparando com o sua, não deixa de ser muito amador o nosso trabalho.

A conversa fluiu.

– Ainda bem que se enganou, brevemente vou comprar um apartamento. Mal tome a decisão posso falar consigo?

Compare as listagens

Comparar