Dia 337 Agulha no palheiro

“E com o COVID-19, como estão os preços dos imóveis?”

Ao longo dos últimos tempos, esta pergunta tem feito parte da curiosidade de várias pessoas com quem lido, nomeadamente clientes ou potenciais clientes.

Como resposta, tenho vindo a dar sempre a mesma:

“Apenas me pronuncio sobre o que constato. No âmbito do valor de mercado dos “meus imóveis”, não noto uma descida dos preços, na verdade, uma subida também não. Considero-o estagnado. Acontece que, antes do COVID-19, o tempo de venda era claramente menor. Continua-se a vender, mas só se o imóvel estiver a preço de mercado, um pouco acima porventura. Se o imóvel estiver no mercado a um preço exigente, o risco de o imóvel ficar empatado no mercado é muito elevado. Encontrar uma agulha no palheiro é passatempo apenas para alguns.”

Compare as listagens

Comparar