Dia 348 Confiança ou aposta

No passado dia 12 de fevereiro toquei levemente no tema da confiança e da aposta. Hoje gostava de aprofundar um pouco mais essa diferença.

Quando tenho o privilégio de ter uma reunião com um potencial cliente que não conheço, nem ele a mim, gosto de lhes pedir algo. As palavras que uso, são mais ou menos estas:

“Vejamos os factos: não estou aqui referenciado por um dos seus amigos, o que lhe poderia facilitar a decisão; de igual modo, não posso contar com a sua confiança no meu trabalho visto nunca a ter validado. Ao contrário dos meus atuais clientes, estes sim, já confiam, você não o pode fazer. O que lhe peço é que aposte. Faça a sua aposta no meu serviço. Da minha parte, muito farei para que a ganhe.”

Compare as listagens

Comparar