Dia 389 Fruta furtada

Gosto de fruta, e tenho duas preferidas: figos e cerejas, mas também gosto de maçãs e como-as a toda a hora. Para os figos e as cerejas estarem mesmo no ponto, há características que não podem faltar. 

Quanto aos figos, devem ser daqueles que pingam e que já estejam maduros. Não contem a ninguém, mas se os vir numa figueira, não resisto… 

Quanto às cerejas, devem ser rijas, de pigmento escuro, e grandes que nem ginjas. As cerejas fazem-me lembrar os meus avós. Na aldeia onde viviam (concelho de Vouzela) havia por lá um terreno vizinho que tinha uma cerejeira e que em miúdo trepava. Parecia um macaco. Não contava a ninguém e ficava uma tarde inteira a fazer o jogo do cuspir caroços o mais longe possível. Claro está, depois de tanta cereja comer é que eram elas…

Há Consultores Imobiliários que têm habilidades extraordinárias, habilidades estas que foram adquirindo fruto de muito, muito trabalho, dedicação e por vezes devoção à disciplina da Mediação Imobiliária. Há Consultores imobiliários que cresceram a pulso.

Dou-vos um exemplo: na ZOME (de Braga) temos um caso assim, um caso de alguém extraordinário, de nome Carlo Monteiro. Alguém que foi crescendo e ganhando notoriedade, respeito e admiração por muitos colegas e clientes. De “ex-virador” de frangos como sem pudor se retrata, terminou 2020 com uma faturação de 1.000.000€ (a minha foi apenas 17% desse valor), e uma equipa de 21 elementos (3 são os da minha equipa).

Compare as listagens

Comparar