Dia 481 STOP Vídeo Caseiro?

No que diz respeito à promoção de um imóvel, existem várias ferramentas ao alcance de um Consultor Imobiliário. Entre outras, temos as fotografias de exterior e de interior, profissionais sempre que possível; temos o drone, para fotografia e vídeo; temos a realidade virtual, onde o visualizador pode percorrer os espaços com um deslizar de dedo no écran tátil; por fim, temos o vídeo.

Ao longo do último ano e meio, no âmbito dos imóveis promovidos pela equipa CS ZOME, realizámos 27 vídeos em que o Cláudio Silva apresenta os mesmos. Para visualizar os vídeos: https://www.youtube.com/playlist?list=PLJOQXeBswikKOFYIN7BPscNXStlzCmXmf. Apesar do amadorismo técnico latente (na verdade acabam por ser “vídeos caseiros”), apesar da falta de encenação do apresentador, estes vídeos têm-se revelado muito eficientes quanto à informação passada ao potencial interessado pelo imóvel. Após a visualização do vídeo, o interessado ora retira o interesse no imóvel, o que acaba por nos poupar tempo numa eventual visita; ora reforça o interesse para visitar, por conseguinte vai mais preparado para “o fecho”.

No âmbito da promoção desta casa: https://www.zome.pt/ZMPT545837, ontem experimentámos, e investimos num vídeo feito por um profissional de vídeo.

No decorrer da filmagem, e porque também nos estamos a conhecer (o profissional do vídeo e o Cláudio Silva), havia uma questão de fundo para responder. Será um vídeo de apresentação do imóvel em que o Cláudio Silva vai aparecendo? Será um vídeo do Cláudio Silva a falar sobre o imóvel?

Muito em breve perceberemos o resultado final…

Compare as listagens

Comparar