Dia 484 O batismo

Caro ex potencial cliente comprador,

Em resposta à sua última mensagem, na qual nos informa que fechou o negócio para a compra de um apartamento em Leça da Palmeira, venho por este meio deixar-lhe as minhas palavras de gratidão.

As portas de Leça da Palmeira são diferentes das da primeira e segunda linha de Matosinhos Sul, das das “Fozes”, das dos Avizes, das dos Serralves, entre outros lugares de estatuto à sua imagem. Desde o dia 14 de setembro de 2020, data em que iniciámos este objetivo, se essa porta não estivesse fechada, com o orçamento que nos ofereceu, o leque dos imóveis a ter em conta seria muito diferente. Quem sabe se o caro ex potencial cliente comprador, já não estaria em Leça da Palmeira há mais tempo? Talvez sim, talvez não.

Porquê gratidão? Por duas razões. A primeira, porque a aprendizagem é contínua, e neste caso você foi um excelente professor. A segunda, em consequência da primeira, e no âmbito de futuros acompanhamentos a outros potenciais clientes compradores, aplicaremos um método; grosso modo, este método consistirá também em dois pontos:

O primeiro ponto: termos a inteligência certa para sermos nós, Consultores Imobiliários, a também direcionar os nossos clientes a entrarem nas portas que nós queremos abertas, não apenas as que eles nos apresentaram como obrigatórias e desencostadas.

O segundo ponto: termos a consciência de que, por muito trabalho que possamos ter, o cliente comprador faz a sua procura, em segredo muitas vezes, e segue o seu caminho sem nos envolver. É legítimo? Obviamente que sim. A nossa expectativa é que é a desajustada.

A propósito, e porque gosto mesmo das festas do S. João, em sua honra, acabo de batizar o método: “o método D”.

Compare as listagens

Comparar