Dia 700 O quarto das traseiras – Parte 1/2

Ao final da tarde de ontem, tive uma reunião com um casal na casa dos 70 anos. O casal vive num apartamento T3, em 1ª linha de rio, e cujo apartamento detém uma maravilhosa janela sobre o Douro. Garanto-vos, é mesmo, mesmo maravilhosa.

Vivem lá há 40 anos, com as suas histórias, e com as suas memórias.

O prédio é antigo e não tem elevador, a razão principal porque ponderam a venda.

Entrei no apartamento, e vi chinelos quentinhos nos pés, ou melhor, vi chinelos que tinham lá dentro uns pés quentinhos. Pedi licença para me descalçar e o Sr. informou-me da não necessidade do ato. Queria muito descalçar-me, mas respeitei.

A visita por entre os pequenos compartimentos, demorou não mais do que 5 minutos. O apartamento era curto, e de leitura simples, mas para além daquela estrondosa vista de rio, havia algo mais…

Estávamos os três na sala a ver o rio e perguntei aos Srs. – Podemos sentar-nos e conversar um bocadinho?

(continua amanhã…)

Compare as listagens

Comparar