O Que é o Spread?

 

Com alguma probabilidade já ouviu falar do termo spread. Talvez saiba ao certo o que é. Mas se tem dúvidas, neste artigo procuramos explicar o que é o spread e por que é importante conhecê-lo.

Conceito

O Spread é uma taxa de juro que é aplicada pelos bancos nos contratos de crédito e que pode ser entendido como a margem de lucro do banco.

Explicação

O banco tem o objetivo de obter lucro através de empréstimos aos seus clientes (entre outros). Para poder emprestar terá de se financiar junto de diversas fontes como sendo acionistas, clientes (depósitos à ordem e depósitos a prazo) ou mesmo pedindo dinheiro emprestado a outros bancos e investidores. Ao se financiar junto destas fontes irá ter de suportar um custo que passará para os seus clientes, em forma de taxa de juro.

Taxa De Juro = Custo do Dinheiro + SPREAD

Ao custo suportado acima é somada uma margem de lucro que possibilitará compensar o banco pelo risco que assume e obter os níveis de retorno que pretende. O resultado será igual à taxa de juro que o cliente suporta neste empréstimo.

O que Determina O SPREAD

A taxa de juro que o cliente suporta irá depender do risco da operação. O banco quer limitar o seu risco ao mínimo mas tem de fazer face à concorrência. Assim, a avaliação de risco tem de ser rigorosa e enquadrada com os valores de mercado. Logo, existirá uma relação imediata entre o risco da operação (e garantias oferecidas) e o retorno que o banco irá exigir. Assim, podemos considerar alguns determinantes do Spread:

  • Natureza da Operação/Finalidade do Crédito
  • Características do cliente, como sendo o contrato de trabalho ou rendimentos
  • Características da operação, como sendo a relação entre o valor solicitado e a garantia oferecida
  • Outras variáveis comerciais, como descontos comerciais (o popular cross-selling) ou relação comercial do cliente com o seu banco
  • Capacidade negocial do cliente ou do intermediário financeiro que o representa

É possível negociar o spread para que seja mais baixo, especialmente nos contratos de crédito habitação. Tenha em mente que mesmo nos outros contratos de crédito (como o crédito pessoal) existe um spread implícito que tem em conta os determinantes acima referidos. Deste modo, caso pretenda ter um spread mais reduzido sugerimos que nos preencha o formulário de crédito habitação ou de crédito pessoal.

Fonte: reorganiza.pt

Compare as listagens

Comparar